Dieta da Princesa

Mais uma vez, teremos a colaboração da nutricionista Marcella Chulam, que escreve como ninguém sobre como emagrecer de forma saudável. Hoje ela vem falar sobre a Dieta Dukan, que tem feito muuuuito sucesso!

Embora seja um método que tem se mostrado eficaz (tenho uma amiga que se mantém magérrima há mais de 2 anos), existem vários pontos questionáveis, que precisamos prestar atenção.

Comprei o livro da dieta no impulso… afinal, quem não quer perder uns quilinhos, né? Mas confesso que não cheguei a terminar a leitura.

E hoje temos os esclarecimentos nutricionais da Marcella, que foi super didática nas explicações. AMEI! Nada como contar com a ajuda de um profissional!

 

dukan

 

Dieta Dukan

Olá!!! Hoje vamos falar da Dieta Dukan, a queridinha da duquesa Kate Middleton, que entrou na  Abadia de Westminster linda e MAGRA!

 

O método, desenvolvido pelo nutrólogo francês Pierre Dukan, é descrito no best-seller “Eu Não Consigo Emagrecer”, e abrange 4 fases: na primeira (ataque), e a mais rígida, a alimentação é baseada em carnes, derivados do leite e ovos. A segunda fase (cruzeiro) passa a incluir legumes e verduras e deverá ser seguida até que a pessoa atinja seu o peso ideal. Em seguida, entra-se na fase de consolidação em que é permitida a ingestão de carboidratos e lipídeos de forma controlada e moderada. Por fim, a fase de estabilização que deve ser seguida pelo “resto da vida”.

1104_dietadukan_f_001

 

De acordo com o livro, a primeira fase dura, em média, 5 dias. A restrição completa de carboidrato leva, sim, a uma perda de peso rápida, mas leva também à queda do neurotransmissor serotonina, o que pode gerar irritabilidade, ansiedade, dispersão e insônia. Além da sensação de cansaço, devido a possíveis quadros de hipoglicemia.

 

A segunda fase terá duração variável, dependente do objetivo de cada um. Nela são permitidas poucas verduras e legumes,  e são excluídas as frutas – fundamentais fontes de vitaminas e minerais.

Dependendo da duração dessa fase o organismo pode entrar num estágio de desequilíbrio funcional, já que esses micronutrientes são essenciais para todas as reações químicas que acontecem no nosso corpo, além da manutenção estruturas como unhas, cabelos e pele.

Confesso que tremi quando li, no livro “Eu Não Consigo Emagrecer”, a frase: “… e as vitaminas não são tão indispensáveis quanto pretende uma certa moda importada dos Estados Unidos.”

Além disso, devemos lembrar que toda proteína, com exceção da clara do ovo, vem acompanhada de um certo teor de gordura que, quando consumida em excesso, pode levar a um desequilíbrio das gorduras do sangue.

 

Já terceira e a quarta fases são mais abrangentes e, por isso, potencialmente menos danosas ao organismo.

 

Uma outra ideia que me incomoda bastante nessa dieta é o fato de que algumas categorias alimentares – como proteínas – “poderão ser consumidas sem qualquer limitação de quantidade, a hora que quiser e nas proporções e misturas que melhor lhe convierem”. A gente sabe que o verdadeiro segredo para uma alimentação saudável é a moderação e o equilíbrio… nenhum alimento pode ser consumido sem limitação!

 

Um ponto que me chamou a atenção, foi a contradição entre o estímulo ao baixo consumo de sal e o fato de embutidos – como presunto e peito de peru – serem alimentos “autorizados e até mesmo aconselhados, graças à sua extrema disponibilidade e facilidade de uso”.

Não sei se vocês sabem, mas o sódio é usado nesses alimentos como conservante, e por isso eles são cheeeios de sal!

Uma fatia de  peito de peru pode ter até 250mg do sódio. Só para você ter uma ideia do que isso significa, a quantidade ideal de sódio que devemos consumir no dia todo, segundo as novas recomendações da ONU,  é de 2.000mg, ou seja, 50% da quantidade total de sódio que devemos consumir em 1 dia estão presentes em apenas 4 fatias de peito de peru! Sem falar de todos os outros aditivos químicos presentes nesse tipo de alimento!

 

Apesar de tudo, o método tem sim alguns aspectos positivos. O autor estimula o consumo de água e de farelo de aveia, ótima fonte de fibras solúveis – estas ajudam na regulação da lipemia – a quantidade de gorduras no sangue, e dão sensação de saciedade, ajudando na perda de peso.

 

Não podemos negar que esse é um método eficaz para a perda de peso rápida. Mas devemos ficar atentos aos possíveis desequilíbrios que podem surgir. Se você quer seguir essa dieta, não se esqueça de acompanhar seus níveis de colesterol total, LDL e HDL, além de ficar atento aos possíveis efeitos colaterais no humor e nos sinais e sintomas de carências de vitaminas e minerais.

 

Agora, se você quiser a garantia de um emagrecimento saudável, não faça dieta… faça uma reeducação alimentar, trazendo pro seu dia-a-dia uma alimentação equilibrada! Assim você vai poder comer de tudo, sempre… e ainda se manter linda!

Anúncios

4 comentários em “Dieta da Princesa

  1. ADOREI o post! Confesso que sempre achei estranho essa história dos enlatados – alem de que eu sempre tive preconceito com esse tipo de “alimento” rsrs – e ignorei esta parte e que por mais que ele diga que pode, é impossível comer as coisas sem limite! Mas sou suspeitissima, comigo deu certo! ;-)) beijos!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s